Um novo sistema de pressão atmosférica se intensifica nas próximas horas na região Sudeste do Brasil e, como consequência, traz a massa de ar quente para Jundiaí e região. Temperatura elevada e queda dos níveis da umidade relativa serão registradas pelo menos até o domingo. Não há previsão de chuva.

O boletim divulgado na manhã desta terça-feira (16) pela Defesa Civil de Jundiaí vem acompanhado com preocupação, principalmente no que se refere a estiagem e cuidados com a saúde.

“Estamos em meio ao período de estiagem e os riscos de queimadas continuam. Na segunda-feira (15), por exemplo, já tivemos ocorrências. É contraditório pensar que a chuva da semana passada tenha eliminado o risco, apenas amenizou por um curto período. Com a temperatura elevada prevista para os próximos dias, o alerta volta a ser ligado”, diz Juliana Salvia Mazzei Segala, da Defesa Civil.

De acordo com o mapa meteorológico da Defesa Civil do Estado, alta pressão provoca subsidência, ou seja, o movimento do ar de cima para baixo. É como se fosse uma tampa, que impede o crescimento das nuvens ao bloquear o avanço de ar polar de novas frentes frias.

Os termômetros em Jundiaí atingem o ápice nesta sexta-feira (18), com máxima de 35°C e mínima de 19°C. Nesta quinta-feira (17), a máxima prevista é de 34°C e mínima de 20°C. A umidade do ar pode cair para 30%, o que exige alguns cuidados.

As pessoas não devem praticar exercício físicos ar livre entre 11h e 15h; devem umidificar o ambiente por meio de vaporizadores, toalhas molhadas e recipientes com água. Outras dicas são procurar se proteger do sol, usar protetores solares e consumir muita água. Nesta terça-feira (16), o Índice de Radiação UV (Ultra Violeta) atingiu nível extremo às 11h09.

A principal vítima da radiação é a pele, que pode apresentar vermelhidão até aparecimento de manchas, sinais de envelhecimento e câncer de pele. Evite a exposição ao sol por tempo prolongado.

Queimadas

Com a elevação da temperatura, a Defesa Civil volta a alertar para os riscos de queimadas. As recomendações são: evitar jogar cigarros acesos às margens das rodovias, acender fogueiras e fazer tipo de queimadas. Quando a queimada for necessária para fins agrícolas (cana e algodão, regulamentada por lei) avise vizinhos e a Polícia Ambiental.

Não se deve fazer queimadas próximo à rede elétrica e em dias quentes, secos com ventos fortes. A Defesa Civil pede que a população informe quando observar fumaça, para que o foco seja combatido. O telefone é o 199.

+

Anuncie Gratuitamente

Imóveis, Vagas de Emprego, Negócios e Serviços. Anuncie Gratuitamente no Portal Jundiaí.

É rápido, é fácil e dá resultado.
Ta esperando o quê?

Anuncie Já!