A Concessionária Rota das Bandeiras registrou no primeiro semestre deste ano seu melhor desempenho em número de acidentes desde que assumiu o Corredor Dom Pedro, em 2009. Houve queda nos índices de todas as estatísticas em comparação aos períodos anteriores. De janeiro a junho, foram 1.101 acidentes, com 426 feridos e 21 mortes.

A redução no número de mortes é a mais significativa. As estatísticas começaram a ser feitas no segundo semestre de 2009. Na ocasião, foram 59 óbitos. A queda para 2015 é de 64%. A redução do número de acidentes é de 30%. Em 2009, foram 1490 ocorrências em seis meses. No primeiro semestre deste ano, foram 1045. O comparativo de feridos tem redução de 23% (550 para 426).

“A queda consecutiva destes índices é o que norteia nossas ações desde o início. Trabalhamos para que estes números sejam ainda menores nos próximos semestres, porque o sentido da nossa existência é cuidar da vida das pessoas que trafegam por nossas rodovias”, destaca o diretor-presidente da Rota das Bandeiras, Júlio Perdigão.

A melhora nos índices é fruto dos investimentos contínuos feitos pela Rota das Bandeiras no período. Duplicação de rodovias, remodelação de trevos, instalação de dispositivos de segurança, como novas passarelas, barreiras de concreto, defensas metálicas e telas de proteção; e agilidade no atendimento são algumas das medidas que contribuíram para esta redução. A mudança do comportamento de motoristas e pedestres também é primordial. Por isso, a Rota das Bandeiras possui programas de responsabilidade social e conscientização desenvolvidos com os usuários das rodovias e com a população das 17 cidades do Corredor Dom Pedro.

Na hora da prestação de serviços, uma moderna frota faz o atendimento de forma rápida e eficiente. As 79 câmeras espalhadas pelos 297 km de rodovias garantem o monitoramento online de tudo o que ocorre nas cinco rodovias e os postos do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) têm a infraestrutura necessária para que o motorista descanse antes de prosseguir viagem.

Grupo de inteligência analisa ocorrências

Uma das ações que tem contribuído para a redução de acidentes está no trabalho de um grupo que analisa os eventos ocorridos no trecho e quais melhorias podem ser adotadas para evitar que as ocorrências graves se repitam.

Batizado como Gestão Inteligente de Acidentes (GIA), o grupo se reúne a cada dois meses e conta com uma equipe multidisciplinar que discute medidas a serem tomadas para aumentar ainda mais a segurança dos usuários e dos funcionários que operam as rodovias. A diversidade de áreas como Tráfego, Conserva e Comunicação, por exemplo, é capaz de ampliar e aprofundar as discussões, gerando soluções mais eficazes para os problemas apresentados.

Uma das medidas já criadas pela GIA foi o censo animal, que tem como objetivo diminuir o número de ocorrências com animais no Corredor Dom Pedro.

A Rota das Bandeiras é uma empresa da Odebrecht Rodovias, que reúne os investimentos da Odebrecht TransPort em concessões rodoviárias. A Odebrecht TransPort desenvolve, implanta e opera projetos nas áreas de mobilidade urbana, portos, aeroportos e sistemas integrados de logística.

+

Anuncie Gratuitamente

Imóveis, Vagas de Emprego, Negócios e Serviços. Anuncie Gratuitamente no Portal Jundiaí.

É rápido, é fácil e dá resultado.
Ta esperando o quê?

Anuncie Já!